Página Inicial
Galeria de fotos
Galerias
Livros publicados
Livros
Prêmios
Prêmios
Livros publicados
Crítica
Livros publicados
Contatos
Trasncriações
Trans-
criações

Poemas

ESSE QUE CHORA

Não sou eu o que chora,
qual criança perdida,
no fundo da memória.

Escuto-o com medo
de perder-me, não dele,
que mal conheço,
mas de mim mesmo.

Vá que me ache
e leve de volta
a algum começo
em que já não caiba!

Mas por que chora?
E por que me faz
ouvi-lo se pouco
tem a ver comigo?

Preciso dormir
– talvez então se cale.
Amanhã me fará,
o mundo, esquecê-lo.


EquipeDigital.com