Página Inicial
Galeria de fotos
Galerias
Livros publicados
Livros
Prêmios
Prêmios
Livros publicados
Crítica
Livros publicados
Contatos
Trasncriações
Trans-
criações

Poemas

CORRUÍRAS

Se inútil a vida fosse,
corruíras não fariam ninhos.

Mal finda o inverno,
lá vem elas, alegres, catando ciscos
e levando-os, às pressas,
a um lugarzinho escondido.

Aqui onde moro
costumam fazer sua casa
na caixa dos correios.
Bem sabem que cartas já não chegam.

As contas a pagar
que fiquem de lado! Só querem
o pequeno cantinho, quase
nenhum, de seu futuro.

Ao chegar outra vez o frio,
algumas asas a mais ajudarão o mundo
a seguir em frente.


EquipeDigital.com