Página Inicial
Galeria de fotos
Galerias
Livros publicados
Livros
Prêmios
Prêmios
Livros publicados
Crítica
Livros publicados
Contatos
Trasncriações
Trans-
criações

Poemas

NADA SUSPIRA

Bem dentro de mim
respira o mistério sem fim
de minha alma.

É leve tanto quanto infinito.
Se asas tivesse, seriam só
sustentáculos da aurora
dos dias dentro dos dias.

Não sei se me serve.
Talvez apenas me caiba
a ele servir em meus elos
com as outras almas
na grande floresta do céu.

Que céu?, me pergunto.

O mistério longamente se cala.


EquipeDigital.com