Página Inicial
Galeria de fotos
Galerias
Livros publicados
Livros
Prêmios
Prêmios
Livros publicados
Crítica
Livros publicados
Contatos
Trasncriações
Trans-
criações

Poemas

O CIRCO E A MÚMIA

O lírio da paz submerge
na mão dos patifes.

Assim mesmo, é lírio.

Afogado no sumo
imundo, mantém-se Lírio.

Um dia, emerge
na voz de um poeta

e é como se dissesse
às crianças
que o mundo é delas.

Os patifes, porém,
cuidarão de afogá-lo
em suas vísceras
barulhentas.

Alcides Buss


EquipeDigital.com