Página Inicial
Galeria de fotos
Galerias
Livros publicados
Livros
Prêmios
Prêmios
Livros publicados
Crítica
Livros publicados
Contatos
Trasncriações
Trans-
criações

Poemas

PERGUNTAR NÃO OFENDE

A pergunta é:
pra onde vamos neste balé
compulsório, neste ir e vir
de décadas e séculos?

Meu coração não se engana.
Um fiozinho de dor, sufocado,
costura a indizível chama.

Meu amor à vida, porém,
me leva a crer, e a dizer,
que em cada esquina começa
o triunfo desta verdade
– inquestionável – de existirmos.

(Do livro Viver (não) é tudo, 2015)


EquipeDigital.com