Página Inicial
Galeria de fotos
Galerias
Livros publicados
Livros
Prêmios
Prêmios
Livros publicados
Crítica
Livros publicados
Contatos
Trasncriações
Trans-
criações

Poemas

NUNCA É AGORA

Acabou o tempo
do paiol de pólvora,
da casa de armas,
do porta-aviões,
dos mísseis inteligentes,
da mala dos códigos atômicos.
Agora a bomba
está dentro do homem.
E mal se sabe onde.

O bunker? O bunker já era!
Só resta correr para as nuvens;
ou exilar-le
                 com Emily Dickinson
numa praia deserta
da Nova Zelândia.

Alcides Buss


EquipeDigital.com