Página Inicial
Galeria de fotos
Galerias
Livros publicados
Livros
Prêmios
Prêmios
Livros publicados
Crítica
Livros publicados
Contatos
Trasncriações
Trans-
criações

Poemas

A MORTE DO REITOR

Luiz Carlos Cancelier de Olivo,
com teu nome escreveste
a primeira linha de um texto
aberto à escrita coletiva.

Podia ser um soneto decassílabo,
mas achamos por bem que fosse
talhado assim, em métrica livre
e despojado de artifícios

que não fossem surgidos à luz
do bem-querer e da justiça
e isentos de ódio ou fingimento.

Em catorze versos, coubesse tudo
e lugar houvesse para todos,
mas o último ficasse em branco.

Alcides Buss


EquipeDigital.com