Página Inicial
Galeria de fotos
Galerias
Livros publicados
Livros
Prêmios
Prêmios
Livros publicados
Crítica
Livros publicados
Contatos
Trasncriações
Trans-
criações

Poemas

SEM MEDO

Se te tocou o medo
a pele dos dedos;

se abriu caminho
no corpo selvagem – esse
esquecido no esmero
de não render-se;

se ali rugiu;
se ali uivou;

é hora então
de entregar-se a si mesmo.

Alcides Buss


EquipeDigital.com