Página Inicial
Galeria de fotos
Galerias
Livros publicados
Livros
Prêmios
Prêmios
Livros publicados
Crítica
Livros publicados
Contatos
Trasncriações
Trans-
criações

Poemas

DE OLHO NO MAR

Olhar o mar
tem algo de eterno.

Talvez venha
do sal em gotículas.

Talvez seja de ouvi-lo
como se ouvido o tivesse
ainda no ventre
materno.

Olhar o mar
alarga o sentido
de ter-se nascido

e, de algum dia,
precisar-se morrer.

Talvez seja de ser
o começo contínuo!

Alcides Buss


EquipeDigital.com